Momentos

O tempo pode apagar lembranças de um rosto, de um corpo, mas jamais apagará lembranças de pessoas que souberam fazer de pequenos instantes, grandes momentos!!!

terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Sonho lindo e triste....


Sonho lindo e triste....
Que belo jardim eu vi, e nele passeei.
Vi flores maravilhosas, que sorriam para mim.
Logo ficaram felizes, ao verem que não era o fim.
Sorri também para elas e com amor lhes falei.

Por onde passava, todas se inclinavam,
Querendo ouvir a minha voz, com ansiedade.
Fazíamos parte de um todo, de uma comunidade.
Não era só eu que estava feliz, elas também estavam.

Depois de passear por todo este maravilhoso jardim
E apreciar toda a sua beleza, feliz e de ar risonho.
E ver flores que jamais houvera visto, fiquei assim.

Mas, o meu imaginário, trabalhava e viu que não eram flores
Era gente que necessitava de pão, amor, carinho e educação.
E descobri que tudo não passara de um sonho com lindas cores.

M.C.Duque

sábado, 22 de janeiro de 2022

Com muito amor.....

 

Neste meu caminhar,
Sempre gostei de ler
E muito de escrever.
Vem de dentro de mim,
não consigo parar......
Que posso eu fazer???
Ao correr do dia a dia,
Minha alma se encanta
Ou se entristece, e muito,
Com o que na altura
Estou a ver....
E a sentir.....
Por isso não posso,
Nem quero jamais....
Cruzar os braços.
Faço versos,
Faço prosa
Com muito amor.
M.C.Duque

Quero cantar a poesia.....

 

Quero cantar a poesia.....


Sei que a minha poesia, não é fabricada. É simples e calma.
Por vezes, pode até parecer poesia corrida, corrida.....
Porém, sinto-me bem porque sei que por muitos é falada e lida.
É escrita com todo o sentimento, que me sai do fundo da alma.

Sou feliz a escrever assim, porque verdadeiramente, é o que sinto.
Ponho, desenho e entrelaço no papel, tudo por mim sentido
E o que desejo é que saia um tela de cores com um bonito sortido.
E assim, toda a minha escrita, com carinho e muito amor, eu pinto.

Para a espalhar por toda a gente com alegria e entusiasmo e assim,
Canto com alegria, a pintora de escrita que há em todo o meu ser.
E pintando a poesia, solto a aprendiz da escrita, que sinto em de mim!

Quero cantar um hino de louvor à poesia,
Que encha todos os corações de amor e alegria.
E que todos possam dizer: sou feliz, porque amo posia!

M.C.Duque

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

E amanhã, como vai ser?.....

 

E amanhã, como vai ser?

Este nosso caminhar na vida, é uma passagem,
Que a vivamos bem e sem atropelar ninguém.
De modo a que possamos sempre ajudar alguém
Vivamo-la sempre com honestidade e coragem.

Há gente que até conhecemos e que vive tão sozinha,
Que se pensarmos bem, até faz doer o coração.
Que essa gente agradece muito uma ajuda e com emoção.
Porquê não sermos capazes de dar uma mãozinha?

Nesta vida, nunca sabemos o que nos pode acontecer.
Porque da maneira que o mundo está, tudo gira de rompante.
Hoje estamos bem, temos família, amigos e pão para comer.

Mas, e amanhã, como será? Tudo muda, num instante.....
Por isso, sabemos nós como vai ser o nosso amanhã?
Não, não sabemos, porque é uma incerteza constante

M.C.Duque


quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

Frio.....

 

O frio vai entrando com força, em mim,
Não só porque é inverno, mas é abrangente.
É aquele que sai do coração de certa gente.
Daí este  frio que se sente e não tem fim.


E esse sente-se, seja inverno ou verão,
Meu Deus..., faz-se sempre sentir.
E nos tempos que correm, não se pode admitir.
Frio que se sente e sabe-se que só faz desunião.

O mundo é pleno de tanta beleza.
O importante é sabermos aproveitá-la,
Pondo de parte toda a baixeza.

E para isso, tenho mesmo a certeza,
Que é imperioso a união e sustentá-la,
Em cada dia, em cada hora, com nobreza.

M.C.Duque

Toca a andar.....

 

Toca a andar!
Acabar com todos os
preconceitos, por favor!
Façamos do mundo
um jardim florido
e não um mundo
com árvores sem folhas!!!

M.C.Duque

quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

E assim voam os meus pensamentos...

 

Mesmo no inverno, adoro olhar para o mar,
E os meus ensejos voam, por ele adentro
E vou respirando o seu odor e nele entro,
Mesmo sabendo que não me posso banhar.

E os meus livres pensamentos,
Voam sonhando com um mundo em união,
Onde os homens possam ser irmãos, 
A todos saudar e sempre aos outros atentos.

Onde as crianças são felizes saltitando de alegria
Vão para a escola com os livros e tudo que precisam
Porque não têm fome nem sede, e o sorriso se amplia

E assim voam os meus pensamentos 
Por coisas tão belas! E é este o meu sonho 
Quando se tornará realidade? Em breves momentos...

M.C.Duque